14 de outubro de 2008

Ele não é o inimigo...

Não era pra ser, pelo menos...

Meninas, leio sempre como um relacionamento pode ser trabalhoso. E é. Mas é completamente diferente namorar/casar quando se sabe do trabalho que dá.

E acreditem, a maioria não sabe.

Grande parte do nosso sofrimento vem do fato de nos iludirmos quanto a felicidade total. Especialmente a felicidade a dois! O “Felizes para Sempre” existe, mas se você souber ter jogo de cintura para contornar os problemas sem fazer deles uma constante.

Felicidade a dois jamais significou que não haveria brigas, por exemplo!

É como ter um carro.Você fica suspirando e não vê a hora de ter um. Quando finalmente consegue comprar, parece que todo o trabalho que você tinha antes (pegar ônibus, depender de carona, etc.) desaparece e agora sim, você vai ser feliz. E poderia, se soubesse que carro dá trabalho. Não basta comprar, tem que abastecer, lavar, ficar de olho na água, no óleo, fazer revisão, verificar aquele barulho estranho, trocar uma peça, etc. E ainda estar preparada para trocar pneu furado debaixo de chuva!

Comparando com relacionamento, depois de um tempinho, você estaria achando seu carro um saco. Começa a se pegar olhando pra outros modelos na rua, imagina se não seria mais feliz com um tipo diferente, enfim, desiste de algo tão esperado.

Poderia ser diferente? Claro, basta comprar sabendo de tudo que envolve ter um carro e não ser pega de surpresa (surpresa ruim). Chateação todos eles vão dar uma hora ou outra, a questão é estar  preparada.

Quer ter um carro namoro? Saiba que o FELIZES PARA SEMPRE inclui sogra, ciúmes, brigas, manias, atrasos, ex, amiguinhas, dinheiro, falta de dinheiro, e tudo mais!

Faz parte. Vem no pacote. E saiba lidar. Encare a realidade e se dê conta de como agir a favor dela. Principalmente, pare de reagir como se seu xuxu fosse seu inimigo!

Pois é, meninas, seu xuxu, apesar de dar inúmeros motivos pra te irritar, te ama. E se preocupa com seu bem-estar. Só que não aturamos muito porque achamos que as brigas não deveriam existir, muito menos as dificuldades do dia-a-dia. E depois de um tempo brigando, você fica “semi-automática”. Esse é o problema. Já atacamos mesmo quando é só uma ameaça! Pior,  numa crise de verdade, acabamos encarando nosso xuxu como um inimigo que precisa ser abatido!

A tendência natural é acharmos que eliminando, aniquilando, extinguindo, enfim, acabando com tudo que nos gera aquela irritação extrema ou um emoção ruim é a única maneira de voltarmos a ficar bem. E nessas acabamos falando ou fazendo coisas que não têm volta…

No caso do carro, se simplesmente acharmos que trocar é a solução, vamos nos deparar com os mesmos problemas no próximo! Dessa vez pode vir com teto solar, bancos de couro, mas vai continuar precisando de atenção e dedicação. E acabamos nos decepcionando e culpando os homens por todo o desgaste e cansaço.

Temos que trabalhar COM eles, não contra eles. Toda vez que se irritar, lembre-se, teu xuxu não quer teu mal! Encare as situações ruins com isso em mente!

Faz toda a diferença.

Agora, existem momentos onde realmente o melhor é cada um ir para seu canto. Onde a troca se faz necessária. Um motivo pode ser o sentimento ter acabado. O outro é quando um dos dois, no fundo, não se preocupa com o bem-estar do outro. Onde o “Felizes para Sempre” acaba deixando de existir em todos os sentidos e o que importa é apenas a satisfação egoísta.

Aí, meninas, vocês estão dormindo com o inimigo. Isso é muito sério. E assunto do próximo post.


Beijos
Xu


37 comentários:

Bem Resolvida disse...

No fundo isso bate na mesma antiga tecla de respeitar a individualidade né.
as pessoas são diferentes, vc nunca vai ser feliz o tempo todo com alguém...aliás, a gente nunca vai ser feliz o tempo todo pra sempre na vida, independente de outras pessoas. a felicidade é um momento, é claro que vivendo com alguém vão ter aqueles momentos onde a felicidade tá descansando. as pessoas ficam estressadas, cansadas, chateadas, mau-humoradas, com diarréia (rs)e conviver não é fácil. Uma dose de respeito e tudo vai seguindo, né?
muitas pessoas se tornam egoístas em relação ao conjugue...isso já aconteceu comigo e o gremlin do pai da minha filha.
Respeito é bom e não só vc mas o xuxu tbm merece né?? rs

quem sabe um dia volto a dividir um canto com algum xuxu....

Mi disse...

Só uma palavra para o teu post: ***MEDO***

Beijos!
Mi

Carrie disse...

e parece que escreveu pra mim? rs
beijos!

Jhennifer Cavassola disse...

È preciso aceitar as pessoas do jeito que elas são. Jamais, jamais querer mudar a outra péssoa. Respeito sempre! Com respeito tem compreenção, carinho, amor, lealdade e muita felicidade!! As pessoas tem defeitos e o segredo é saber disso. Amei a postagem querida :)
Obrigada por trazer sempre assuntos maravilhosos :)

o casalqseama* disse...

esse post definitivamnete não é para nós! rsrsrs

xuuuuuuuu,
tem um presente pra vc!

bjs da fê
=D

Raquel El-Bachá disse...

Concordo que não é o outro que faz a nossa felicidade. A felicidade depende de nós mesmos.
Eu nunca fui assim, de achar que estava ao lado do inimigo não. Comecei a ficar assim no final do relacionamento, uns dois meses antes de a gente terminar. Nesse final de semana descobri que o sapo ainda abala meu coração. Ai,ai...Se eu pudesse voltar atrás...
Tem meme para vc no meu blog.
Beijos.

R disse...

Nossa Xu, pra mim foi realmente uma direta... Menina tô passando por toda aquela situação que entrei por teimosia justamente porque queria trocar meu "carro" por outro pois estava insatisfeita, e o q aconteceu?? acabei ficando com um carro que fundiu o motor e me deixou na mão, literalmente com os 4 pneus furados...
Tudo isso prova que às vezes não adianta trocar o "carro", o negócio é fazer uma revisão sempre que possível enquanto houver tempo, pra depois não sofrer com maiores complicações não é??

Beijos!!

jubliana. disse...

pode ser tudo coisa de coraçao apaixonado, de moça boba, de momento...

Mas o fato é que esses dias, mesmo sem parar... comecei a pensar que acho que achei meu complemento. meu amor, meu futuro, meu destino.

As dificudaldes ficam tão bobas quando é pela gente. enfim. to tao feliz. #)

Flor de Azeviche disse...

nossa, será?
Estou pensativa agora rs

vida cotidiana disse...

Adorei o texto, passe para conhecer e adorei, eu volto, bjs

Mulherzinha Sim! disse...

Ainda bem que eu tô sem xuxu e sem carro. hahahahahaha
Não estou com cabeça para pensar nestes probleminhas... :P

Mas adorei a analogia. Ficou muito bom o texto!!!

Beijos

_____________ * ________

Mulherzinha Sim!
Relata as aventuras de mulheres bonitas, independentes, profissionais de sucesso em suas carreiras e à procura de um grande amor. Ou pelo menos, um Homem para chamar de Seu!

Filosofias de botequim sobre namoros, ficantes, amizade colorida, comportamento e tudo o mais relacionado a esta atmosfera terão vez aqui.A idéia é abstrair um pouco das mazelas de ser solteira, dos homens que encontramos por aí e dar risada ou palpites de coisas que só nós, mulheres, vivenciamos e entendemos....

Delirios de mulher disse...

Que bom que gostou dos selos.
Eu também fiquei muito feliz em ganhá-los.
È a segunda vez que recebo selinhos e acho que distribui-los é uma forma de carinho com outros blogs que a gente gosta.
Acho que o começo do fim de um relacionamento é deixar de se importar com a outra pessoa.
Porque a gente acaba se machucando e machucando o outro também.
Bjs

Loira e Morena disse...

Ai..nao tenho xuxu..rs
MAs é aquilo né Xu, ambops tem q saber ceder...cada um cede um pouco e assimconseguem levar uma vida sem tantas brigas...rs
Pq é inevitavel nao haver brigas, concordo, ainda mais pq nós mulheres nos encomodamos mais com as coisas e os sentimentos do q eles...hehe

Beijocas da Loira

A Madrasta Má disse...

Xu, pena que eu só vi isso tardiamente. A busca do "felizes para sempre" talvez tenha me tornado "infeliz momentaneamente". Mas vai passar... né... tudo passa... beijos e obrigada pela visita, vc é sempre bem vinda! bjos

Lays Melo disse...

É a famosa idealização amorosa; nem sempre é bom o quanto planejamos.

Neijos

Rosa Canela disse...

Oi Xu !! Pois é o perigo de não saber ter o famoso jogo de cintura nos ronda sim quando idealizamos um relacionamento xeio de perfeições ..

E claro que isso não existe ...respeitar a individualidade do outro é o mais importante na minha opnião...só assim a gente entra na relação sabendo que cada um tem seus defeitos ...e suas qualidades ...

Adoroooooo seus post ..=)

Beijokas

Rosa

Taynar disse...

Sabe o que isso tudo me lembra? Um dos pedidos mais sinceros de casamento do cinema: Uma Noiva em fuga.
O Richard Gere dizia que ele garantia que uma hora algum dos dois ia querer pular fora, ele garantia que uma hora ia tudo ficar um saco, mas ele também garantia que ia se arrepender se não ficasse com ela.
As coisas, relacionamento, são assim, nem sempre são contos de fadas, porque fadas não existem!
É trabalhoso, mas com certeza, vale a pena!
Ótimo texto, moça!!!

Beijos

☆ Sandra C. disse...

Menina, mas você devia tentar ser psicóloga.. haha... enfim, você escreve muuuito e [quase] sempre verdade! Adorei a analogia, e acho que é bem assim mesmo. A gente tem que entender que cada pessoa tem a sua estação, e que estamos aí para nos complementar. Não podemos esperar que no dia que estamos triste, o outro esteja triste. No dia que estamos felizes, o outro deve estar feliz. Devemos, sim, nos complementar, mesmo nas horas complicadas. Fazer dessas experiências um aprendizado.

Mas estou esperando mesmo o seu próximo post. Visitante "de carteirinha" do seu blog. Parabéns!

o casalqseama* disse...

agora eu fiquei rubra!!!

ehhh, dizem que os opostos se atraem... isso é verdade, mas os semelhantes também!

eu estava falando de vc para o meu xuxu, esse dias... e é como a te vejo, inteligente pra kct, isso já é um baita afrodisíaco, e uma linda menina, ops, mulher!

obrigada por tamanha consideração, saiba que estou aqui pq tens algo de muito bom, caso contrário, seria nada ou apenas frases soltas!

bjs da fê =D

fazendo manha disse...

Oi tem presente pra vc lá no meu blog :)
vá lá buscar:)
suave seja!!
bjos...no coração
.
.
Sandrinha

Drunken Alina disse...

Caramba, eu estava pensando sobre isso nesses dias!!
E cheguei é conclusão q existe sim muito amor e que vale a pena aprender a aceitar o próximo e tb ser aceita.

Adoroooo os assuntos que rolam aqui!!
Vc já falou sobre ex?
Meu,pra mim ex é pior que o demônio,hahaha!!

Um beijo!!!

MELISSA S disse...

Nossa, mas eu tô com uma preguiça de me relacionar ultimamente... Ê trabalhão!! :))
ps: tava com saudade dos seus posts, Xu!

Deflorando disse...

A brigadim pela visita e pela força..este texto ai muito legal tá..Vc escreve bem demais sem contar que seus textos é um aprendizado....bjim

Tatah Marley's Confissões disse...

Acho que é importante realmente viver de forma conjunta, mais cada um respeitando seu espaço. E isto que faz de fato os relacionamentos darem certo.
Esse lance de 'serem um só', não resulta em felizes para sempre jamais.. Pelo contrario, resulta em dependencia e este tipo de sentimento não é nada bom!
\õ/

nossa, amo seu caantinho e peço desculpas pela sumida!
beijinhos flor!
;*

Deflorando disse...

Nossa Obrigada, grande atenção a sua, valeu mesmo pela força, uma gracinha...Tava precisando ouvir algo...Abração....com todo carinho

:: Amor Para Sempre :: Ana e Jo disse...

"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é", mais ou menos isso.. hehe..

Adoro a forma que escreves..

Obrigada pela autorização para o link!!

Bjão Xu!!

Loira e Morena disse...

xuu..passa la no blog..tem um presetinho par vc tbm..rs

Beijocas da Loira

fazendo manha disse...

Oi linda obrigada pelo selo já peguei e já está no meu slide de selos
suave seja sempre!!
bjos..no coração
.
.
Sandrinha

Carol. disse...

"sogra, ciúmes, brigas, manias, atrasos, ex, amiguinhas, dinheiro, falta de dinheiro, e tudo mais!"

ok, anotarei isso e colarei na porta da minha geladeira, que é pra olhar constantemente e me lembrar destas variáveis na hora da "depressão das sem-namorado".

beijossss..adorei o blog!

Mulherzinha Sim! disse...

Passa lá no blog para ver uma pequena homenagem.

beijos

______________ * _______

Mulherzinha Sim!
Relata as aventuras de mulheres bonitas, independentes, profissionais de sucesso em suas carreiras e à procura de um grande amor. Ou pelo menos, um Homem para chamar de Seu!

Filosofias de botequim sobre namoros, ficantes, amizade colorida, comportamento e tudo o mais relacionado a esta atmosfera terão vez aqui.A idéia é abstrair um pouco das mazelas de ser solteira, dos homens que encontramos por aí e dar risada ou palpites de coisas que só nós, mulheres, vivenciamos e entendemos...

Mariana Valente disse...

Xu querida... vc vem me dizer isso quando tô pretentendo tirar o carro da loja? HAUAHUAHUAHAUHU e no meu caso literalmente... brincadeiras à parte, adorei a analogia... é bem isso, sempre vem o pacote completo... o namorado e mais aquelas varias implicações (e também pessoas chatas, claro, tem sempre o amigo mala ou uma irmã ciumenta ou uma sogra capetinha) agora a diferença faz na paciencia que temos e se o bofe vale a pena... se for pra dar tanto trabalho e nao ter compensação, eu mando pro ferro velho ahuahauhauahuahuah

beijos Xuxu

bazar e roupas fashion disse...

Um termômetro muito bom p/ ver se sua relação chegou ao fim, é observar se o respeito existe ainda é batata!!
Respeito em todos os sentidos, tipo jamais tocar no ponto fraco do outro, ter o cuidado de agradar c/ algo q sabe q ele(a) goste, palavras, etc, etc, etc

Show seu texto,

Claudia Goulart disse...

Posso te garantir que casament dá um trabalhão. Tem também muitas compensações. Tem que saber se o teu, colocado na balança, pesa mais pra coisas boas ou pras ruins. Esse é o segredo.
Apostar no amor e renova-lo sempre é trabalho diário.
bjs

Gaby B disse...

Sempre passo aki, mas nunca comentei!
Mas desta vez vai! Tenho uma relação de 7 anos e realmente é por ai mesmo, acima de tudo amizade e companherismo. claro que o meu relacionamento não é um mar de rosas, mas hoje em dia encaro as coisas bem diferentes acho que evolui nesse sentido /o/ e não faço mais tempestades em copo d´água hehe
bjokas Xu

Carolina disse...

Nossa, conviver é dificil demais.
E namorado vem com todos aqueles "extras" que vc mencionou!
Tem que ter jogo de cintura pra lidar com família!
Sobre o penúltimo parágrafo: é amargo, mas é a mais pura verdade!

Valena, Belém - Pa disse...

Nossa mas o ser humano é tão complexo p entender esse tipo de coisa.............principalmente nos dias de hj, onde as pessoas estão carentes de tudo......chega a ser até normal ter um certo egoísmo (egoísmo sadio) quando encontramos uma pessoa que nos proporciona muitas coisas boas, nos fazendo felizes. E esse egoísmo muitas das vezes pode mascarar um certo medo......medo de perder essa pessoa que, muitas vezes, em pouco tempo conseguíu proporcionar o que muitas outras pessoas que já passaram por nossas vidas, não conseguiram durante anos!!!!
Agora claro, que na vida à dois devem existir tudo isso que vc falou, renúncias, trocas, alegrias, tristezas, partilhas.....enfim.... Acho muito relevante tudo isso que vc falou, uma vez que estamos empre em busca da tal "felicidade", precisamos tbm estar atentos para tudo isso e sermos conscientes de que viver ou estar com uma pessoa é maravilhoso, mas também é saber respeitar o espaço e a invidualidade de cada um..... Mais ainda, é saber conviver aceitando seus limites e retirar o melhor que se pode dessa convivência para sermos felizes sempre.....!!!
Adorei o post Xu!!

Studio Focoinfinito.com disse...

Relacionamento é algo muito delicado, mas temos que ter muita paciência e sabedoria para vivermos com alguém. Lembrando que é impossível sermos felizes 365 dias do ano!

Adoro este blog...Parabéns!!!!